RSS

Depois de Fechada


Ele estava no meu apartamento, me olhando com a maior cara de bunda que ele conseguiu, esperando a minha reação.
Eu tinha vontade de matá-lo.
- Andye, me escute...
- CALE-SE! - Eu não queria ouvir mais a voz dele.
- Mas, deixe-me explicar...
- Eu já disse PRA SE CALAR!
- Por favor An... Eu amo você.
- CHEGA! Você diz isso pra todo o mundo seu IDIOTA!
Era incrível como ele tinha a cara de pau de continuar na minha frente, de ter ficado na minha casa, de ter feito tantas promessas, tantas coisas que agora eu via que não passavam de mentiras...
- Andye! Não foi nada disso, aquelas cartas eram só uma diversão, você sabe que você é a únic...
- CHEGA KEVIN! Pare de fingir! Não é a primeira vez que isso acontece. Você diz "eu te amo" pra qualquer um que passa na sua frente. Já cansei de fechar os olhos e acreditar nas suas mentiras, de acreditar em todas as histórias e desculpas IDIOTAS que você já me contou. Cansei de acreditar que você falava sério quando disse que eu era a única... Não confio mais em você. Essa foi a gota d'água. Sai daqui. - Eu pranteava tanto que tinha dificuldades em respirar.
- Por favor... acredite em mim. Não vivo sem você...
- Fora.
- Mas...
- AGORA KEVIN! Não quero mais te ver! Eu não mereço isso.

Ele fez menção de falar, mas desistiu depois de ver minha expressão.
Era tão óbvio... as noites em que ele voltava tarde, que ia direto para o quarto, a ansiedade que ficava quando recebia correspondências...
Eu acreditara tanto no meu amor por ele, e sempre acreditara que ele falava sério quando dizia que me queria pro resto da vida. Foi extremamente doloroso descobrir que eu não era a única a quem ele amava. E o mais difícil era que eu o amava completamente. Seria fácil perdoar, fechar os olhos novamente e fingir que nada aconteceu, continuar a nossa vida. Mas esta não seria eu, não mesmo.
Depois de alguns minutos ele saiu do quarto com algumas peças de roupa numa mochila.
- Quando você estiver mais calma eu volto pra nós conversarmos, ok?
- Pode ir Kevin.
Ele tentou dar-me um beijo no rosto mas eu desviei, e com um suspiro ele saiu pela porta.
Quando notei que agora eu estava sozinha, eu me sentei no sofá e com as mãos no rosto eu chorei. Eu chorei por ter sido tão idiota, chorei por ter acreditado tanto tempo numa mentira. Chorei por saber que eu não iria esquecê-lo tão rápido.
Por que o amor machuca tanto?

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

21 comentários:

Fernando disse...

Amor é sorte!

Abs,
seuanonimo.blogspot.com

Communique disse...

Amor é necessário carinho e respeito por ambas as partes!
O amor pode estar onde se menos espera...



http://communiquebr.blogspot.com/
A fórmula da informação

Detctors disse...

amor é sorte 2

http://guspi.blogspot.com/

Arash Gitzcam disse...

ele devia ter contado pra vc q gostava de outras e pedido autorização para comê-las...

Evelyne V. Nami disse...

Amor é como um jogo, e como todo o jogo às vezes a gente ganha e na maiorida das vezes e gente perde.
"Vivendo e aprendendo a jogar"
Adorei o seu blog!!!
Até!

Macaco Pipi disse...

AMOR É BOM DEMAIS!

Lucas Oliveira disse...

muito bom ..^^



~~~~~~~~

http://bolagatobrasil.blogspot.com

Leonardo Ribeiro disse...

Bastante profundo
Parabéns

Macaco Pipi disse...

AMOR MACHUCA NA NAO CORRESPONDENCIA!

Niko Travesso disse...

oww adorei vc conseguiu ser bastante expressiva nesse texto,retratou mto bem essa situação,axoq uma das horas que mais dói eh qndo tu vê o outro pegar as coisas pra ir embora!
adorei!
bjo!

http://nikomoska.blogspot.com

Clarinha Ribeiro disse...

Nossa,vc é bem expressiva....
Gostei do texto,parabéns!
Beijos
visite o Meu

Vanda Ferreira disse...

Não é o amor que machuca, é a infidelidade que faze essa mal a nossa saúde.

Infelizmente nós nos entregamos e acreditamos cegamente nas palavras que consideramos verdades transmitidas pela boca de quem amamos. Nem sempre tudo o que sai dali são verdades... nem sempre.

O que posso dizer é que não se generaliza o amor, assim como não se generaliza pessoas. Uns mentem, outros não. Uns são fieis, outros não. A vida é um risco e infelizmente temos que entrar para arriscar.


Vanda Ferreira: http://vanda-ferreira.blogspot.com/

karla C. disse...

Não sei nem o que dizer. Concordo com vários comentários acima, mas, sei lá! Ainda acredito que amor machuca sim, assim como tudo o que é intenso. Quando a gente se entrega tem que estar disposto a correr riscos, como se machucar.

Suas fotos são lindas!

beijos

Lúcio disse...

Interessante!

Macaco Pipi disse...

PARTICIPA AE
FIZ UMA COMUNIDADE PRA TODOS Q NAO SAO CALOTEIROS
VAMOS COMENTAR SEMPRE

http://novaquahog.blogspot.com/2010/05/os-caloteiros-ja-eram.html

TÁ NESSE LINK!

Sandinha disse...

"O amor tudo suporta"

Não sei a situação foi vivida, mas como foi contada em primeira pessoa tenho umas coisas a dizer...

Se voce continuasse naquela situação ia estar em segundo ou terceiro plano.
Você precisa de alguem que te ama por completo e se doe por completo.
Que fique ansiosa pela sua chegada e que te dê um abraço quando você precisar.

O seu blog é lindo como você.

Abraaaaaços :)

Tatiana disse...

Eu acreduto que o que a gente tem que aprender é segregar amor de posse...
Afinal, quem disse que o amor deve ser destinado a uma unica pessoa, quem disse que o amor se acaba com seu oferecimento único?
Eu acho que a gente sofre tanto por esse tipo de ideia que enfiaram na nossa cabeça.
Os muçulmanos não se casam várias vezes com mulheres, que da maneira deles, eles amam? E elas não sabem que o fato de ele amar uma, não quer dizer que não possa amar a outra? O sofrimento por amor é cultural..

Karla Hack disse...

Não sei... Mas machuca.
Talvez tendemos a acreditar em algo irreal, a por tanta fé no outro que esquecemos que o outro é uma pessoa também!
Gostei da sinceridade do seu texto!

Admin Futebobeiras disse...

"O amor tudo suporta" [2]
parabéns pelo texto e pelo blog
estou seguindo ok?

bjs

M!sunderstood disse...

Nossa Van, que triste...tantas vezes o amor é cruel, porém eu acho que para cada vez que o amor é cruel há uma explicação, e há uma retribuição mais na frente que na hora a gente não consegue enxergar, ótimo texto, adorei seu blog...ahh e obrigada pelo comentario

Beijo

Matheus Kayko disse...

muito bom, parabens!

Modem Downloads

Postar um comentário